Posts Recentes

August 3, 2017

July 27, 2017

Please reload

Enxoval do gatinho

July 27, 2017

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

Interpretando a linguagem e o comportamento de seu gato

July 20, 2017

 

GATO - ADULTO

 

Se ele quiser ser compreendido pelos seres humanos ou por outros animais, seu gato adaptará suas habilidades de comunicação àqueles que estão por perto. Cabe a você decodificar e decifrar o comportamento e a linguagem de seu gato!

 

FIQUE ATENTO, SEU GATO ESTÁ SE COMUNICANDO...

Com exceção de algumas palavras-chaves, seu gato não é capaz de compreender a linguagem humana. No entanto, ele é extremamente sensível à sua atitude (postura) e ao tom de voz. O gato pode sentir suas emoções e até prever o que você fará. Ao observá-lo com atenção, você verá que seu gato usa a linguagem corporal para expressar seus sentimentos de forma sutil.

EXPRESSÕES DE UM GATO: TUDO NA CABEÇA

 

O formato dos olhos e a posição das orelhas são indicadores precisos do que seu gato quer expressar. Além disso, os bigodes do gato são muito importantes. Nunca corte os bigodes de seu gato, pois ele os usa para explorar o mundo ao redor e se comunicar com outros gatos.

Você aprenderá rapidamente a reconhecer as diferentes expressões felinas só observando seu gato.

                               

ORELHAS ERETAS, voltadas para frente e abertas, com os olhos arredondados: gato neutro.

ORELHAS LEVANTADAS E RETAS, torcidas para o lado, com os olhos estreitos (afunilados): gato nervoso e irritado.

ORELHAS BAIXAS E PLANAS, com as pupilas arredondadas e dilatadas: gato agressivo.

ORELHAS ABERTAS, ERETAS E VOLTADAS PARA FRENTE, com os olhos meio fechados (semicerrados) e pupilas em fenda: gato feliz.

 

SEU GATO TAMBÉM SE COMUNICA COM O CORPO

Você também pode aprender a compreender a linguagem corporal de seu gato. Aqui estão algumas dicas sobre diferentes tipos de comportamento:

 

• Ele esfrega a cabeça ou o rabo nas pernas do dono: nesse caso, o gato se sente muito próximo de você e quer compartilhar seu cheiro. Ele cobre o proprietário com seus “ferormônios”, produzidos para exercer um efeito calmante e relaxante sobre outros gatos. Não confunda esse comportamento com pedido por comida. Apenas retorne a afeição.

• Ele “massageia” o colo do dono: nesse caso, o gato está remontando o tempo em que ele mamava em sua mãe, estimulando o fluxo de leite. Ao reproduzir o movimento, ele está buscando o mesmo prazer que sentia durante a amamentação. Os gatos desmamados muito jovens tendem a continuar com esse comportamento e podem associá-lo com sucção de lã ou outros tecidos.

• Ele rola no chão assim que vê o dono: nesse caso, ele está demonstrando submissão. No entanto, o gato adotará essa posição somente com pessoas com quem ele se sente completamente à vontade. Tenha cuidado se você tiver a oportunidade de acariciar sua barriga, pois ele pode agarrar suas mãos com a pata!

• Ele abana o rabo: ao contrário dos cães, isso não é um sinal de alegria nem de felicidade. Esse gesto expressa inquietação ou agitação. Se você estiver acariciando seu gato e ele começar a abanar o rabo, é melhor parar imediatamente, porque ele não está gostando e está dizendo isso a você!

 

SEU GATO EMITE SONS

• Ronronar: isso costuma ser um sinal de contentamento. Os filhotes começam a ronronar quando mamam na mãe pela primeira vez, expressando tanto satisfação como total dependência por ela. Ao ronronar com você, seu gato está expressando bem-estar ao seu lado. Contudo, um gato que esteja sofrendo ou ansioso pode algumas vezes ronronar para si mesmo, provavelmente como uma forma de aliviar seu estresse.

 

• Rosnar e sibilar: seu gato deseja intimidá-lo. Utilizados no caso de agressão, esses dois sons fazem parte de sua estratégia de defesa.

 

• Miar: existem muitos tipos diferentes de miados, mas cada um deles tem seu próprio significado. Os miados podem expressar pedido, queixa, confusão ou recusa.

  

EXPRESSÃO ATRAVÉS DE GESTOS

• Esfregar-se: com esse gesto, o gato deposita secreções hormonais nas pernas e nos tornozelos de seu dono. Esses ferormônios são secretados pelas glândulas localizadas sob as orelhas do gato, para ajudá-lo a marcar seu território. O gato está compartilhando seu cheiro como o dono e demonstrando sua sensação de bem-estar. 

• Arranhar: os arranhões deixados por seu gato em seus móveis, papel de parede, sofá ou nas árvores são frequentemente associados à eliminação de jatos de urina. A castração pode acabar com esse péssimo hábito. Uma solução alternativa consiste na instalação de algum poste de arranhar, que vem com odores especiais para atrair os gatos. Por fim, o veterinário poderá ajudar com o emprego de terapia comportamental. Afinal, sempre existe uma solução nesse caso.

 

 

 

 

http://www.royalcanin.com.br/newsletter/gato-adulto/interpretando-a-linguagem-e-o-comportamento-de-seu-gato

 

 

 

Share on Twitter
Please reload